<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d3265713880506676330\x26blogName\x3dTema+de+Lara\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://temadela.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://temadela.blogspot.com/\x26vt\x3d-4804043872782638149', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
segunda-feira, 16 de março de 2009
Tema de hoje: Twitter

Eu criei um Twitter. Ainda estou aprendendo a mexer. Coloquei aqui no blog para vocês, mas como não sei mexer com layouts ficou meio esquisito! Mas ta valendo! hehehehe


Escrito por: Lara às 16:16
|



Tema de hoje: Bate uma tristeza



De vez em quando me bate uma tristeza. E eu realmente não tenho motivos para infelicidade. Tenho uma vida feliz, um marido carinhoso, um apartamento que está sendo montado aos poucos, mas com muito carinho, uma família afetuosa que muito me ajuda e nada me deixa faltar.

Consegui terminar minha faculdade, passei na OAB e agora estudo para concurso. Me dou ao luxo de só estudar e ainda não trabalhar e acho que é isso que anda me agoniando tanto.

Vi minha mãe depender do meu pai, vi este abandona-la após 25 anos de casamento supostamente feliz, vi o quanto ela sofreu e o quanto sentiu não ter o seu próprio sustento e depender daquele que a fez tão infeliz para sobreviver.

Não dependo do meu marido, meu pai faz de tudo para que isso não aconteça, mas mesmo assim DEPENDO. E depender me agonia...

Muitas pessoas dariam tudo para estar no meu lugar e eu tudo para estar trabalhando no lugar de alguém. O mundo é simples assim: ninguém sente-se satisfeito com aquilo que tem. Quando satisfaz-se uma vontade, logo surge outra para tirar-nos o sono.

Mas sim, sei que sou feliz.


Escrito por: Lara às 15:14
|



quinta-feira, 18 de setembro de 2008
Tema de hoje: Últimos preparativos

Estamos na reta final para o casamento. Faltam menos de 2 meses e a ansiedade já anda tomando conta de mim. Nessas duas últimas semanas não parei um só minuto entre os últimos detalhes do casamento e o tormento da reforma do apartamento.

Bouquet:

Finalmente escolhi o meu bouquet. Eu tinha ganhado um da empresa que está fazendo as flores da minha igreja, mas estava com medo. Eles não haviam me mandado uma foto de um bouquet feito por eles, mas uma foto de revista dizendo que iriam copiar aquele.

Decidi que iria na Edla Barros. Já havia visto nas revistas o seu trabalho e achado maravilhoso! Sem contar que na comunidade do orkut de noivas do Rio de Janeiro Casar é Fácil ela é sempre super bem recomendada.

Cheguei em sua casa com minha sogra e vi que ela não era nada daquilo que eu imaginava ou daquilo que o seu trabalho me inspirava. Ela é uma mulher desorganizada, desordenada, que fuma um cigarro atrás do outro e tem um “pornô” cachorro que ficava agarrando as pernas da minha sogra a todo momento.

Em compensação ela é uma FI-GU-RA! Muito engraçada e espirituosa, me transmitiu muita segurança e entre um e outro cigarro perguntava cada detalhe do meu vestido até dar um veredicto minucioso de como deveria ser o meu bouquet.

Ela é o tipo de pessoa envolvente e tomando seu trabalho por base não houve como não fechar negócio. Sem contar que no final das contas ela ainda faz um quadro do seu bouquet que fica pra sempre eternizado. Fechei o meu e o das minhas daminhas. Aliás ela vetou a cor laranja para a faixa das minhas damas e sugeriu um salmão, que é mais suave. Sim senhora!

Degustação:

Na sexta-feira passada foi dia de degustação no Jockey do Centro, onde será a minha festa. Mal chegamos e fomos conduzidos a um imenso salão onde uma mesa toda posta nos aguardava.

Tivemos que provar os frios e quentes que a noiva da festa daquela sexta havia escolhido, porém o jantar, as mini porções e as sobremesas eu já havia previamente selecionado.

Eu, meu irmão, Fernando, minha mãe e minha sogra nunca vimos tanta comida! E que delícia! Sem exagero deve ser um dos melhores buffets que eu já provei. As mini porções ( escondidinho de carne seca, bobó de camarão, risoto de aspargos e casquinha de siri) estavam divinas! E as sobremesas? Petit Gateau, sorvetes de creme, amora, pistache e manga, frutas flambadas e merengue de morangos. Dos deuses!

Minha sogra não agüentou comer tudo. Já na hora do jantar ela não conseguia comer mais nada. Fernando e meu irmão foram com muita sede ao pote e eu e minha mãe conseguimos provar de tudo, mas bem pouco para não passarmos mal.

Fernando teve que ir ao banheiro no próprio Jockey. Nunca vi um metabolismo tão acelerado! Já meu irmão passou mal a noite inteira achando que iria explodir a qualquer momento.
Ao final da degustação o responsável pelo buffet nos levou até o salão onde será a minha festa que estava todo decorado para a festa daquela sexta e o decorador era o mesmo que irá fazer a minha festa. Fiquei de queixo caído! A festa estava deslumbrande, simplesmente perfeita. Fiquei olhando para aquilo tudo imaginando o meu dia.

Grinalda:

Tinha ido na La Novia (onde aluguei meu vestido) escolher minha grinalda que estava embutida no preço do aluguel. Minha amiga Jú e Rê, minha professora de pilates, foram comigo. A opinião foi unânime: as grinaldas de lá estão em péssimo estado e a variedade é quase nenhuma.

Acabei indo com minha mãe na Sônia Andrade Lima escolher uma grinalda e de quebra o meu par de brincos. Que grinaldas espetaculares! Era uma mais linda do que a outra. Eu, que fui com a idéia de ficar com duas garras, acabei ficando com um “arco” que não é bem um arco e mais as duas garras. É difícil explicar, acho que só vendo as fotos depois vocês vão entender.

Elas brilham tanto, simplesmente maravilhosas! Sônia e minha mãe queriam que eu levasse um par de brincos imensos! Saí fora dessa e fiquei com duas gotinhas pequenas de strass. Já sou baixinha, ia ficar igual a uma árvore de natal ambulante.

A Sônia é um amor de pessoa, faladeira e alinhadíssima . O preço é meio salgado, mas compensa. Cada hora ela colocava uma grinalda mais linda do que a outra na minha cabeça, foi quase impossível escolher uma só.

Roupas das daminhas:

Hoje fui com minha avó e minha mãe na Só a Rigor. Primeiro precisávamos encontrar uma roupa pra minha avó e em seguida ver as roupas das daminhas.

Minha avó é uma pessoa muito complicada. Ela é extremamente relaxada com a aparência. Segundo minha mãe ela não costumava ser assim, mas acho que ao longo dos anos a vida não foi muito gentil com ela fazendo com que ela ficasse desse jeito.

Foi difícil encontrar algo que agradasse, ou que servisse já que minha avó é magra, baixa, mas desenvolveu uma barriga um tanto quanto protuberante. No final encontramos um longuete verde água que não só agradou como a deixou empolgada. Quando vimos ela estava toda vestida, com echarpe prata, sapato de bico fino e brincos imensos de strass dançando pela loja. Ufa!

Quando chegamos na sessão de vestidos de dama a moça veio logo me mostrar um lançamento que só tinha saído da loja uma única vez. Foi amor à primeira vista. Ele faz estilo bombom, com maguinhas bufantes e pérolas pela saia! A coisa mais linda do mundo. Pena que eles só tinham um, sendo assim vou ter que mandar fazer um extra para a outra dama. Sai um pouquinho mais caro, mas compensa. A faixa será realmente salmão e eles irão confeccionar exclusivamente para o casamento.
Acabei vendo os meio-fraques para os padrinhos, meu pai, meu sogro, meu noivo e o pajem. Tudo praticamente resolvido.


A reforma:

Parece que em mais uma semana eles entregam o apartamento. Hoje estive lá pagando a pessoa que foi colocar um revestimento no banheiro social. O marceneiro número 3 estava lá colocando alisares e rodapés (sim, Fernando contratou 3 marceneiros diferentes!!! Loucura! Loucura!).

É impressionante como sempre está faltando alguma coisa. Mal pisei no apartamento e já me pediram uma lata de tinta branca porque a que compramos havia acabado. E toma de gastar dinheiro.

Hoje finalmente a Tickets For Fun me ligou e eu consegui comprar os
ingressos para o show da Madonna do dia 14! Uhu! Já tinha comprado para o dia 15
por via das dúvidas, mas o que não vão faltar são pessoas interessadas nesses
ingressos! Felicidade extrema mode on!


Marcadores: ,



Escrito por: Lara às 17:06
|



sexta-feira, 5 de setembro de 2008
Tema de hoje: Conservatória

Esse final de semana estou indo fazer uma viagem com a família do Fernando para Conservatória. Na volta conto os detalhes.

No final das contas não comprei ingresso nenhum para o show da Madonna.
Estou MUITO arrasada, não consigo nem pensar no assunto.


Escrito por: Lara às 06:30
|



terça-feira, 2 de setembro de 2008
Tema de hoje: A saga do curso de Noivos

Se tem uma coisa que eu detesto é acordar cedo. Imagina então acordar cedo em pleno domingo para ouvir as idéias retrógradas da igreja católica durante um dia inteiro, ser obrigada a falar em público e ir à missa.

Não sei o que eu mais detestei nesse tal dia de noivos. Me senti uma hipócrita e até questionei minha vontade de casar na igreja. Não tenho vergonha de admitir que quero casar da igreja não para receber a benção de Deus, mas porque acho a cerimônia linda, importante, praticamente uma convenção social.

Ouvindo alguns casais argumentando que a benção de Deus em suas vidas é extremamente importante, que freqüentavam grupos de casais em suas paróquias, fiquei me sentindo uma E.T. Nada contra, mas fui criada sem religião.

Às vezes sinto que uma dose de fé faz muita falta. Quando meu avô faleceu me vi muito mais perdida do que aqueles em minha família que tinham algum tipo de crença.

Minha família sempre teve uma queda pelo espiritismo e esta é a religião que mais me atrai. Ouvir uma missa onde o Padre dava um sermão de uma hora falando um monte de abobrinhas que não me convencem nem um pouco foi complicado. Os olhos pesavam, o celular vibrava conforme iam saindo os gols de Vasco x Grêmio e eu ali me perguntando: O que é que eu estou fazendo aqui?

Tudo bem, além de pagar R$4.000,00 para casar na igreja eles ainda nos obrigam ao tal curso de noivos. Definitivamente dinheiro não compra tudo.

Desculpe as pessoas católicas que lêem o Blog. Entendam, eu não tenho NADA contra os católicos e os que acreditam na igreja, mas nesse blog gosto de escrever o que sinto sem pudores.




Fiquei de meia noite até 1:40 da manhã para comprar ingressos para o show da Madonna. Não perco por nada nessa vida. O problema é que não sei se consegui comprar 2 ,se comprei 4 ingressos, ou NENHUM! O site simplesmente não emitia nenhum comprovante da venda dos ingressos e estava extremamente sobrecarregado. É impressionante como o Brasil não tem estrutura para eventos dessa grandiosidade.

Marcadores:



Escrito por: Lara às 08:48
|



sexta-feira, 29 de agosto de 2008
Tema de hoje: Marcenaria

Tenho mania de ficar pensando na vida antes de dormir. Cansei de perder meu sono por causa disso. Ontem não foi diferente. Desde que começamos a reformar o apartamento que compramos, de vez em quando me pego sem dormir pensando nisso.

Atualmente o maior dilema tem sido a marcenaria. Fizemos orçamento com dois marceneiros e a disparidade de preços foi algo incrível! E agora? Quem está certo? Estamos tentando fazer orçamento com um terceiro, mas o escritório da arquiteta é no final da Barra, muito longe e esse terceiro orçou somente algumas coisas, pois não foi até lá, assim não conseguimos um bom parâmetro.

Vamos nos casar no dia 1º de novembro, ou seja, temos que entrar em casa no dia 2 e algo me diz que entraremos sem móveis já que os prazos que nos foram dados não são nada otimistas.

Marcadores:



Escrito por: Lara às 06:43
|



quinta-feira, 28 de agosto de 2008
Tentando Voltar

Nesse meio tempo em que estive fora:

Passei na prova da OAB.

Estou organizando o meu casamento.

Estou fazendo a reforma do meu novo apartamento.

Meus pais se separaram e meu pai resolveu aparecer com uma menina 2 anos mais velha do que eu.

Continuo confusa quanto à minha vida profissional, mas praticamente desisti da idéia de concurso público.


Escrito por: Lara às 09:54
|